quinta-feira, 28 de junho de 2018

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Tu

Quando o cookie vem com um monte de gota de chocolate. Quando o sinal fica verde assim que tu chega perto, sem precisar diminuir a velocidade. Quando abre um caixa que ninguém viu assim que tu tá querendo pagar. Quando tu chega em casa e alguém lavou a louça por ti. Quando o cardápio do dia do restaurante tem exatamente o que tu tá com vontade de comer. Quando o inesperado põe um sorriso no rosto da gente. É tu.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Solidão

Solidão não é subjetiva. Ela é concreta, coisa que eu sinto na carne, que corta e sangra em silêncio. Solidão é coisa, coisa que toco, coisa que sinto, que posso mandar embora o quanto for que sempre volta. Solidão é encosto, não tem terço bento que impeça a chegada, não tem reza brava que a evite. Solidão queima tanto que começa com sol. Solidão é tão grande que o próprio nome é aumentativo. Há quem diga que senti-la é escolha. Mas você já tentou fugir dela?

domingo, 7 de janeiro de 2018

Copo vazio

Enfeitamos a rotina com palavras
como água a preencher copo vazio
duas vidas de histórias inventadas
cobrindo os furos de outro amor baldio

Cruzamos tantas vezes essa linha
que nos perdemos na ilusão do mundo
o amor tão grande calçado à terra
por tantas guerras desistiu de tudo.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Olhos fechados

Esta manhã não abri as janelas - pensei em ti
se teus olhos se fecharam às minhas palavras
poderei ainda escrever poemas de amor?

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Miopia


A pior sensação do mundo é se ter oito graus de miopia e não saber onde estão seus óculos pela manhã. Você os coloca ritualisticamente todas as noites em cima do criado mudo e vem um duende maldito esconder a peça só pra você ficar feito maluco procurando por horas. Como faz pra achar uma coisa se pra conseguir procurar a coisa você precisa estar usando essa coisa?


terça-feira, 29 de agosto de 2017

segunda-feira, 28 de agosto de 2017