terça-feira, 16 de maio de 2017

Trago todas

Neste cigarro
que carrega teu
gosto amargo

como memória
mal apagada que
levo nos dedos

é nesse gosto
teu que eu
queimo

a fumaça de
memórias que ainda
esmaece aqui

e devagar
uma a uma
trago todas.
Postar um comentário